segunda-feira, 14 de agosto de 2017

The Brew - Discografia básica

Banda: The Brew
Gênero: Blues, Blues Rock


Disco: The Brew
Ano: 2006
Faixas:
1. For You Part 1 (1:57)
2. Better Man (3:37)
3. New Day (2:59)
4. Newlands (3:45)
5. Chased To Ground (4:34)
6. The Prowler (3:38)
7. Maybe Next Time (3:48)
8. Dear Boy (4:35)
9. Talking To You (3:36)
10. Mermekes (6:10)
11. For You Part 2 (2:42)
Músicas de autoria da banda.

Disco: Fate And Time
Ano: 2007
Faixas:
1. Gypsy Queen (3:20)
2. Fate And Time (5:04)
3. Maybe Next Time (4:27)
4. Mermekes [Live] (12:01)
Músicas de autoria da banda.

Disco: The Joker
Ano: 2008
Faixas:
1. Postcode Hero (3:35)
2. Lies (4:38)
3. The Joker (3:47)
4. Dil Chahta Hai (1:22)
5. Hearts Desires (5:01)
6. Burt's Boogie (6:19)
7. Break Free (5:25)
8. 24 Hours (From Yesterday) (8:05)
Músicas de autoria da banda.

Disco: A Million Dead Stars
Ano: 2010
Faixas:
1. Every Gig Has A Neighbour (4:17)
2. Surrender It All (3:56)
3. Wrong Tunes (3:36)
4. KAM (8:30)
5. Monkey Train (2:13)
6. Just Another Night (5:45)
7. A Smile To Lift The Doubt (3:56)
8. Change In The Air (3:57)
9. Mav The Rave (4:25)
10. A Million Dead Stars [Intro] (2:24)
11. A Million Dead Stars (8:04)
Músicas de autoria da banda.

Disco: The Third Floor
Ano: 2011
Faixas:
1. Sirens Of War (3:21)
2. Six Dead (3:48)
3. Reached The Sky (4:21)
4. See You Once Again (3:33)
5. Master And The Puppeteer (4:17)
6. The Third Floor (4:28)
7. Piper Of Greed (3:10)
8. Crimson Crystal Raindrops (4:44)
9. Hard Times (2:35)
10. Imogen Molly (3:25)
11. Let It Back (8:47)
Músicas de autoria da banda e Tim Smith.

Disco: Live In Europe
Ano: 2012
Faixas:
1. Six Dead (4:15)
2. Sirens Of War (4:32)
3. Every Gig Has A Neighbour (5:14)
4. Postcode Hero (4:18)
5. Reached The Sky (7:45)
6. Ode To Eugene (3:10)
7. Master And The Puppeteer (5:36)
8. Imogen Molly (3:31)
9. Crimson Crystal Raindrops (3:48)
10. KAM (10:24)
11. A Smile To Lift The Doubt [Drum Solo] (7:06)
12. A Million Dead Stars (8:36)
Músicas de autoria da banda.

Disco: Control
Ano: 2014
Faixas:
1. Repeat (2:59)
2. Eject (3:28)
3. Mute (4:17)
4. Pause (4:02)
5. Shuffle (3:51)
6. Fast Forward (3:40)
7. Skip (4:21)
8. Stop (2:18)
9. Play (4:21)
10. Rewind (3:44)    
Músicas de autoria da banda e Tim Smith.

Disco: Shake The Tree
Ano: 2016
Faixas:
1. Johnny Moore
2. Knife Edge
3. Shake The Tree
4. Black Hole Soul
5. Without You
6. Rock n Roll Dealer
7. Name On A Bullet
8. Small Town Faces
9. Ambassador To The Lonely
10. My Juliet
Músicas de autoria da banda e Tim Smith.


Créditos em todos os discos:
Jason Barwick: Guitar, Mandolin, Vocals
Tim Smith: Bass, Vocals
Kurtis Smith: Drums, Percussion, Vocals
 

Biografia:
Segue a biografia da The Brew, extraída do site da banda e traduzida livremente do inglês (o site foi reformulado e o texto não existe mais).
Desde 2006 tem havido animados boatos, muitas vezes fantásticos, entre os pretensos conhecedores da cena rock underground britânica, acerca de um trio que passou três anos em banho-maria, fora do mainstream, aperfeiçoando-se e preparando a indústria fonográfica para a sua explosiva chegada. Rumores falam de uma banda que conta com um guitarrista que rivaliza com Hendrix e um baterista tão poderoso que as fundações tremem nos locais onde a banda se apresenta, com um esquete à moda Bonham. Multidões em todo o continente têm ficado de boca aberta, enquanto a One Radio tem classificado as apresentações ao vivo da banda de "terrivelmente inspiradas". A banda objeto da discussão é a Brew. A revista It's Only Rock 'n' Roll já está saudando o power trio como "as três melhores peças saídas do Reino Unido em 20 anos". Jason Barwick e a equipe de pai e filho, Tim e Kurtis Smith, começaram a tocar juntos há quase cinco anos e têm continuamente expandido seu público através de uma série de turnês de sucesso e apresentações em televisão.
A banda não tem uma hierarquia definida e nem precisa. Cada membro contribui com a sua própria experiência musical; seja a artística guitarra de Jason, seja a explosiva bateria de Kurt ou o carisma majestoso de Tim, a banda funciona como uma unidade perfeitamente sincronizada. Em maio deste ano (nota minha: 2008), os países em toda a Europa descobriram "The Joker", o segundo álbum bancado pela banda. Tanto o álbum quanto sua faixa título entraram nas paradas polonesas nos 16° e 10° lugares em disco e single, respectivamente. Jase, Kurt e Tim encontraram-se subitamente introduzidos na Europa em uma escala que não tinham previsto, inclusive fazendo uma série de aparições em festivais e promoções com patrocínio, tocando ao lado de lendas como Jeff Beck e recebendo elogios pessoais de gente como Chad Smith. A banda logo ganhou um lugar reservado no Rockpalast, em Colônia, Alemanha, e, devido à relutância do fora-de-série Bonamassa em gravar para a televisão, o seu show inteiro foi transmitido ao vivo pelo canal de TV alemã WDR e sua ascensão à fama europeia ultrapassou o Reno.

4 comentários:

Jaimemellorock Mello disse...

Grande Banda, Indignaldo! Melhor do que muito som enroladinho por aí! Obrigado.

Indignaldo Silva disse...

É verdade, Jaime. Os caras estão com a mesma formação desde o início. Sugiro também as duas bandas norueguesas, Moving Oos e Cadillac. Excelentes. Abraço.

Anônimo disse...

Link of "The Joker" Album please reup? It is not valid! Thanks!

Indignaldo Silva disse...

Link fixed.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...