terça-feira, 31 de março de 2015

Major Stars - 4

Cover
Banda: Major Stars
Disco: 4
Ano: 2005
Gênero: Alternative Rock, Indie Rock, Jam Bands, Neo-Psychedelia
Faixas:
1. How To Be (4:35)
2. Song for Turner (13:36)
3. All or Half the Time (4:20)
4. Phantom #1 (15:20)
Não se conseguiu descobrir a autoria das músicas.
Créditos:
Wayne Rogers: Guitar, Vocals
Kate Village: Guitar
Tom Leonard: Bass
Dave Lynch: Drums
http://freetexthost.com/iftqaprabv

Biografia:

5

A biografia da banda já foi postada aqui, juntamente com o disco "The Rock Revival", de 1998.

sábado, 28 de março de 2015

Pearl - Little Immaculate White Fox

Cover
Banda: Pearl
Disco: Little Immaculate White Fox
Ano: 2009
Gênero: Hard Rock
Faixas:
1. Rock Child (Aday, Blake) 4:20
2. Broken White (Aday, Blake, Colt, Ian) 4:35
3. Nutbush City Limits (Turner) 3:29
4. Check Out Charlie (Aday, Blake) 3:22
5. Mama (Aday, Blake) 4:08
6. My Heart Isn't In It (Aday, Blake) 4:48
7. Nobody (Aday, Blake, Ian) 5:02
8. Worth Defending (Aday, Blake) 4:18
9. Lovepyre (Aday, Blake) 2:53
10. Whore (Mother Superior) 2:33
11. Anything (Aday, Colt) 4:18
Créditos:
Pearl Aday: Lead Vocals
Marcus Blake: Bass, Backing Vocals
Jim Wilson: Guitar, Backing Vocals
Scott Ian: Guitar, Backing Vocals
Matt Tecu: Drums
Músicos adicionais:
Eric Leiderman: Drums ("Broken White", "Nutbush City Limits")
Carl "Nalle" Colt: Guitar ("Broken White", "Nutbush City Limits")
Dominique Davalos: Background Vocals ("Nutbush City Limits")
Ted Nugent: Guitar ("Check Out Charlie")
Jerry Cantrell: Guitar ("Anything")
http://freetexthost.com/bibwgp62tc

Biografia:
Pearl Aday, uma vocalista ao estilo Joplin, que modula sua voz entre o gutural e o sensível, está preparando seu segundo disco, "Heartbreak And Canyon Reverlry", a ser lançado em 2015 (nota minha: não tenho certeza se o disco já foi lançado, mas não achei nada na web a respeito), na sequência de "Little Immaculate White Fox", seu debute aclamado pela crítica.

3
Pearl associou-se mais uma vez ao venerável Jim Wilson,  baixista durante muito tempo de Daniel Lanois e Emmylou Harris e líder dos seus famosos grupos, Motor Sister e Mother Superior.
Essa nova colaboração vai fundo no som country californiano, com contribuições do renomado guitarrista Philip Sayce, do lengendário Jay Dee Maness na pedal steel, de Fred Mandel (Alice Cooper, Elton John, Queen) nos teclados, e foi produzida por Jay Ruston (Facebook; tradução livre do inglês).

quinta-feira, 26 de março de 2015

Tea Leaf Green - Rock 'N' Roll Band

Cover
Banda: Tea Leaf Green
Disco: Rock 'N' Roll Band
Ano: 2006
Gênero: Jam Bands
Faixas:
1. These Two Chairs (Garrod) 4:01
2. One Reason (Garrod) 5:09
3. If It Wasn't For The Money (Garrod) 4:44
4. The Garden (Part II) (Tea Leaf Green) 4:23
5. The Garden (Part III) (Garrod) 4:41
6. Faced With Love (Garrod) 4:39
7. Incandescent Devil (Garrod) 6:25
8. Jezebel (Garrod, Tea Leaf Green) 10:02
9. Franz Hanzerbeak (Tea Leaf Green) 10:08
10. Make A Connection (Clark) 4:27
11. Devil’s Pay (Garrod) 8:33
12. Taught To Be Proud (Garrod) 7:30
13. All Of Your Cigarettes (From Sound Check) (Garrod) 3:27
Créditos:
Ben Chambers: Bass, Vocals
Josh Clark: Guitar, Vocals
Trevor Garrod: Harmonica, Keyboards, Vocals
Scott Rager: Drums
Gravado ao vivo no Fox Theatre, Boulder, Colorado, USA, em 19 de maio de 2006.
http://freetexthost.com/n1o4iiefji

Biografia:

RNRB

A biografia da banda já foi postada aqui, juntamente com o disco "Tea Leaf Green", de 1999.

domingo, 22 de março de 2015

Lou Reed - Set The Twilight Reeling

Cover
Músico: Lou Reed
Disco: Set The Twilight Reeling
Ano: 1996
Gênero: Hard Rock, Classic Rock
Faixas:
1. Egg Cream (5:18)
2. NYC Man (4:56)
3. Finish Line (3:23)
4. Trade In (4:59)
5. Hang On To Your Emotions (3:46)
6. Sex With Your Parents (Motherfucker) Part II [Recorded live at The Roof, NYC, NY, July 4th, 1995] 3:37
7. HookyWooky (4:19)
8. The Proposition (3:27)
9. Adventurer (4:18)
10. Riptide (7:46)
11. Set The Twilight Reeling (5:04)
Músicas de autoria de Lou Reed.
Créditos:
Lou Reed: Vocals, All Guitars, Backing Vocals ("HookyWooky")
Fernando Saunders: Fretted & Fretless Electric Bass, Acoustic Guitar ("NYC Man"), Backing Vocals ("HookyWooky", "The Proposition"), Acoustic Guitar
Tony "Thunder" Smith: Drums, Backing Vocals ("HookyWooky")
Músicos adicionais:
Laurie Anderson: Backing Vocals ("Hang On To Your Emotions")
Oliver Lake, J.D. Parran, Russell Gunn Jr.: Horns ("NYC Man")
Mino Cinelu: Percussion ("Finish Line")
Roy Bittan: Piano ("Finish Line")
http://freetexthost.com/y6yo3e66se

Biografia:

1

A biografia de Lou Reed já foi postada aqui, juntamente com o disco "Walk On The Wild Side: Recorded Live! New York 1972", de 2011.

sexta-feira, 20 de março de 2015

The Semantics - Powerbill

Front
Banda: The Semantics
Disco: Powerbill
Ano: 1996
Gênero: Alternative Rock, Powerpop
Faixas:
1. Sticks And Stones (3:03)
2. Future For You (2:52)
3. Coming Up Roses (3:36)
4. Jenny Won't Play Fair (2:39)
5. Average American (3:24)
6. Don't Say Goodbye (4:13)
7. The Sky Is Falling (2:58)
8. Black And Blue (3:10)
9. Johnny Come Lately (3:07)
10. Life Goes On (3:02)
11. Glasses And Braces (3:24)
Músicas de autoria de Millard Powers, menos "Coming Up Roses", composta por Will Owsley e Millard Powers.
Créditos:
Will Owsley: Vocals, Guitar, Bass, Keyboards
Millard Powers: Vocals, Bass, Guitar, Keyboards
Zak Starkey: Drums
http://freetexthost.com/y6yo3e66se

Biografia:
Quando a Semantics se formou, em Nashville, no início dos anos 90, seu vigoroso e acessível powerpop sulista parecia destinado a figurar nos compêndios da história do gênero ao lado de verbetes como dB's e Let's Active. Liderada por William Owsley III e Millard Powers, compositores e vocalistas, a banda, inicialmente, passou a gravar demos para o seu primeiro disco com um então desconhecido baterista chamado Ben Folds, que ⏤ ao contrário do que reza a lenda ⏤ nunca integrou oficialmente a Semantics.


Folds logo saiu para formar a Ben Folds Five, tendo sido substituído por Zak Starkey, filho de Ringo Starr. O grupo assinou com a Geffen e gravou o LP "Powerbill", mas semanas antes de lançá-lo, em 1993, a gravadora decidiu engavetá-lo, ocasionando a extinção da banda. Em princípio, a história acabaria por aqui. Starkey, porém, excursionou com seu pai e depois uniu-se à Lightning Seeds como baterista efetivo. Amy Grant, uma amiga do Tennessee e na época uma famosa cantora, obteve de Starkey uma cópia de "Powerbill", gostou do que ouviu e, em seguida ao arquivamento da gravação, convidou Owsley para acompanhá-la nas turnês. Em 1996, enquanto a Ben Folds Five tornava-se uma estrela mundial do rock alternativo, "Powerbill" foi lançado no Japão e vendeu mais de 20.000 cópias, mesmo sem a banda divulgar o álbum, logicamente, porquanto já dissolvida.

1

Owsley e Millard Powers gravaram discos solos, mas pagavam suas contas atuando como músicos profissionais para artistas como Amy Grant e Charlotte Church. Owsley lançou seu primeiro disco individual em 1998, depois relançado em 1999, com nova capa e melhor distribuído, gerando um relativo sucesso com a endiabrada "I'm Alright". O debute solo de Powers saiu pouco depois. E os dois discos continham, pelo menos, uma canção do álbum "Powerbill". Em 2011, Powers tocou baixo numa turnê de Folds, então em carreira individual, o que lhe propiciou maior exposição e novos admiradores. Após o razoável sucesso do disco de estreia de Owsley e a divulgação do trabalho de Powers com Folds, as cópias japonesas de "Powerbill", àquela altura fora de catálogo, transformaram-se em peças cultuadas de colecionadores, e o álbum, ainda que tardiamente, caracterizou-se como um dos registros mais influentes do powerpop da década de 90 (Jason Damas, AllMusic; tradução livre do inglês).

quarta-feira, 18 de março de 2015

The Muggs - Discografia básica

Banda: The Muggs
Gênero: Blues Rock, Hard Rock, Classic Rock

 
Cover 1
Disco: The Muggs
Ano: 2005
Faixas:
1. Need Ya Baby (3:16)
2. Gonna Need My Help (3:09)
3. Rollin' B-Side Blues (3:23)
4. "Monster" (5:50)
5. Should’ve Learned My Lesson (4:39)
6. White Boy Blues (2:34)
7. Hard Love (4:00)
8. Said & Done (5:29)
9. Underway (4:04)
10. If You Please (4:35)
12. Doc Mode (7:06)
Músicas de autoria da banda, exceto "Gonna Need My Help", composta por Muddy Waters, e "Underway", composta por Peter Green.
Créditos:
Danny Methric: Guitar, Lead Vocals, Percussion
Tony DeNardo: Rhodes Bass, Vocals, Percussion
Matt Rost: Drums
Bobby Emmett: Hammond Organ ("Hard Love")
http://freetexthost.com/vnvc6kgseg

 Cover 2
Disco: On With The Show
Ano: 2008
Faixas:
1. Motown Blues (1:29)
2. Slow Curve (2:51)
3. Just Another Fool (3:49)
4. All Around You (4:32)
5. On With The Show (4:11)
6. Somewhere Down The Line (3:52)
7. Curbside Constellation Blues (5:22)
8. Down Below (4:47)
9. Never Know Why (8:30)
10. Get It On (4:07)
11. Motown Blues [Reprise] (2:38)
Músicas de autoria da banda.
Créditos:
Danny Methric: Guitar, Lead Vocals
Tony DeNardo: Fender Rhodes Bass, Backing Vox
Matt Rost: Drums
Bobby Emmett: Piano ("Curbside Constellation Blues")
http://freetexthost.com/fczzvofots

 Cover 3
Disco: Born Ugly
Ano: 2011
Faixas:
1. Born Ugly (4:21)
2. Blood Meridian (3:53)
3. Home Free (4:19)
4. Clean Break Blues (4:20)
5. Notes From Underground (2:05)
6. Dear Theo (3:25)
7. Losing End Blues (3:44)
8. 6 To Midnite (5:10)
9. Sturm Und Drang (3:29)
10. Hats Off To Mr. Beardsley (3:42)
11. World Around (2:24)
12. Kitchen Sink Blues (4:11)
13. Last Words (4:00)
Músicas de autoria da banda.
Créditos:
Danny Methric: Guitar, Lead Vocals
Tony DeNardo: Rhodes Bass, Vocals
Todd Glass: Drums
http://freetexthost.com/ga0hbbtk41

Cover 4 
Disco: Full Tilt
Ano: 2013
Faixas:
1. 6 To Midnite (The Muggs) 5:56
2. Sturm Und Drang (The Muggs) 3:32
3. Hats Off To Mr. Beardsley (The Muggs) 4:18
4. I Take What I Want (Porter, Hodges, Hayes) 4:05
5. Need Ya Baby (The Muggs) 3:42
6. Born Ugly (The Muggs) 4:20
7. Mississippi Sheiks (Gallagher) 5:13
8. Notes From Underground (The Muggs) 2:05
9. Dear Theo (The Muggs) 3:13
10. Preachin' Blues (House)/Help! (Lennon, McCartney) 5:46
11. Slow Curve (The Muggs) 2:46
12. Leanin' Blues (Unknown) 5:02
13. Used To Be (Gallagher) 8:29
14. Get It On (The Muggs) 4:18
15. Never Know Why (The Muggs) 10:14
16. Down Below (The Muggs) 4:50
17. Said & Done (The Muggs) 5:52
18. Kitchen Sink Blues (The Muggs) 4:12
19. How Do You Sleep? (Lennon) 4:47
20. "Monster" (The Muggs) 5:52
21. Gonna Need My Help (The Muggs, Morganfield) 3:02
22. Doc Mode (The Muggs) 7:56
23. Full Tilt (Ending Credits) (0:44)
Gravado ao vivo no Cadieux Cafe, Detroit, Michigan, em 20 de outubro de 2012.
Créditos:
Danny Methric: Guitar, Vox
Tonny DeNardo: Bass
Todd Glass: Drums

 
Cover
Disco: Straight Up Boogaloo 
Ano: 2015
Faixas:
1. Applecart Blues (4:48)
2. Fat City (4:47)
3. Lightning Cries (4:51)
4. Spit And Gristle (4:07)
5. Roger. Over And Out. A (3:41)
6. Roger. Over And Out. B (3:35)
7. Blues For Mephistopheles (3:40)
8. Tomorrow's Dream (3:07)
9. Straight Up Boogaloo (5:08)
10. Rattlesnake Shake (11:58)
11. Yer Blues (4:03)
12. Theotis Toddlinski Outtakes (1:01)
Músicas de autoria da banda, exceto "Tomorrow's Dream", composta pela Black Sabbath, "Rattlesnake Shake", composta por Peter Green, e "Yer Blues", composta por John Lennon e Paul McCartney.
Créditos:
Danny Methric: Guitar, Lead Vocals
Tony DeNardo: Rhodes Bass, Vocals
Todd Glass: Drums
http://freetexthost.com/6bqhrugthb



Biografia:
A biografia da banda, que segue, em tradução livre do inglês, foi retirada do seu site.
A Muggs formou-se em fevereiro de 2000. O guitarrista Danny Methric e o baixista Tony DeNardo tocavam em duas bandas naquele tempo: The Detroit Underground Blues Band e Fat Belly Brown. Certo dia, Danny estava zanzando no Music Menu, no centro de Detroit, quando se deparou com Matt Rost, um baterista local que tinha tocado na Fat Belly Brown por duas semanas antes de sair da banda porque achava que estava trabalhando muito. Começaram a conversar e Danny descobriu que Matt tinha abandonado seu projeto, chamado The Immortal Winos Of Soul. Danny então falou que estava pensando em fazer algo diferente daquilo que fazia na Fat Belly Brown, um som mais blueseiro, e Matt mostrou-se interessado.

Slide
Não demorou muito para a banda se encaixar porque os três já eram músicos há pelo menos sete anos. DeNardo e Methric sempre tocaram juntos e Rost era um baterista consumado. Em outubro de 2000, a Muggs gravou seu primeiro EP, obtendo assim material para mostrar aos donos de bares, objetivando conseguir trabalho. As músicas eram boas o suficiente para o dinheiro que gastamos, mas é preciso ter em mente que se tratava de demos, diz Tony.

terça-feira, 17 de março de 2015

The Scruffs - Love, The Scruffs

Cover
Banda: The Scruffs
Disco: Love, The Scruffs
Ano: 2002
Gênero: Alternative Rock, Powerpop
Faixas:
1. You Can't See Your Way For Clear (3:02)
2. Your Heart (2:20)
3. Now Right Now (4:14)
4. A Girl Can Make You Cry (3:39)
5. The Universe Is Expanding (4:44)
6. We Will Not Speak Of Love (3:11)
7. Canyon Girls (4:44)
8. I Will Be The Lonely One (3:26)
9. Femme AM (5:12)
10. Stay Away From Me (3:18)
11. I Hate Love (4:42)
12. Christiansen (1:38)
Músicas de autoria de Stephen Burns.
Créditos:
Stephen Burns: Lead Vocals, Melodeon, Lead Guitar, Rhythm Guitar, Piano, Organ, Backing Vocals
Wil O'Brien: Lead Guitar, Acoustic Guitar, Backing Vocals
Bob Kildea: Bass, Lead Guitar, Backing Vocals
Francis MacDonald: Drums, Percussion, Piano, Organ, Backing Vocals
http://freetexthost.com/y6yo3e66se

Biografia:

Banda hoje
A biografia da banda já foi postada aqui, juntamente com o disco "Wanna' Meet The Scruffs? [Bonus Tracks]", de 2002.

sexta-feira, 13 de março de 2015

Federale - Discografia básica

Banda: Federale
Gênero: Hard Rock, Stoner Rock
 
 
Cover
Disco: Federale
Ano: 2007
Faixas:
1. Hong Kong Trail (5:12)
2. Magic Word (4:18)
3. Transcendental Lunch (4:33)
4. Robin Trower (5:42)
5. Quarter Roy (8:45)
6. Jessefron (4:19)
7. Delta Burke (4:25)
8. Car Crash (3:15)
Não se conseguiu descobrir a autoria das músicas.
Créditos:
John Stendrini: Guitar, Lead Vocals
Jesse Cohen: Guitar, Backing Vocals
Tim Stys: Bass, Percussion, Backing Vocals
Aaron Pagdon: Drums, Percussion, Backing Vocals
http://freetexthost.com/6pheg6mcgm

Cover
Disco: Not Your Vessel
Ano: 2012
Faixas:
1. Rupert, I'm Home (5:31)
2. Poco Da Goya (3:04)
3. Bad Bad Operator (5:09)
4. Sir, You Realize... (6:07)
5. Exclamato (4:43)
6. Lariats In Ruins (6:45)
7. The Cat's Lament (3:59)
Não se conseguiu descobrir a autoria das músicas.
Créditos:
John Stendrini: Guitar, Lead Vocals
Jesse Cohen: Guitar
Tim Stys: Bass
Aaron Pagdon: Drums, Vocals
Jamie Crawfod: Organ
http://freetexthost.com/6pheg6mcgm


Resenha:
Quando foi, exatamente, que todas as bandas de hard rock se tornaram tão caretas? A Groundhogs não era ruim. Zeppelin, Sabbath ... porra, eu amo ZZ Top! Mas a maioria das bandas de rock pesado hoje mais encenam do que tocam. Catsuits (nota minha: a palavra é intraduzível; trata-se de um macacão colante, usado por artistas e esportistas; para um conceito mais amplo do termo, ver a Wikipedia), gritos estudados e poses ensaiadas só pioram as coisas, e, em 2007, apenas bandas radicais como a Boris conseguiram soar autênticas.


De qualquer maneira, a Federale não tenta inovar, e simplesmente conta com as mais antigas ferramentas de trabalho: guitarras estridentes, bateria explodindo, grande musicalidade e composições cativantes. Seu disco de estreia é um triunfo de intoxicados blues e boogies tocados altos, feroz e freneticamente... isso não é uma gravação de sombrios e sórdidos hinos funerários, isto é roquenrrou. Então é Música Diferente (nota minha: é uma espécie de trocadilho com a loja de discos "Other Music", cujo co-proprietário assina o texto)? É uma pergunta cada vez mais difícil de responder hoje em dia, e mais e mais irrelevante; só sei que eu quero me esbaldar, e a Federale me dá o que eu quero (Josh Madell, Other Music; tradução livre do inglês).

quinta-feira, 12 de março de 2015

Kula Shaker - Strangefolk [Bonus Tracks]

Front
Banda: Kula Shaker
Disco: Strangefolk [Bonus Tracks]
Ano: 2007
Gênero: Alternative Rock, Indie Rock, Psychedelic Rock
Faixas:
1. Out On The Highway (2:53)
2. Second Sight (3:42)
3. Die For Love (3:25)
4. Great Dictator (Of The Free World) (3:10)
5. Strangefolk (1:27)
6. Song Of Love/Narayana (5:30)
7. Shadowlands (4:09)
8. Fool That I Am (3:53)
8. Hurricane Season (6:03)
10. Ol' Jack Tar (3:36)
11. 6ft Down Blues (3:53)
12. Dr Kitt (4:01)
13. Persephone [Bonus Track] (4:40)
14. Super CD Operator [Bonus Track] (3:11)
Músicas de autoria de Crispian Mills e Alonza Bevan, exceto "Song Of Love/Narayana", composta por Crispian Mills e Liam Howlett.   
Créditos:
Crispian Mills: Lead Vocals, Guitars, Harmonica
Alonza Bevan: Bass Guitar, Vocals, Pianos, Melotrons, Acoustic Guitar
Paul Winter-Hart: Loud Drums
Harry B. Broadbent: Hammond, Piano, Wurly, Farfisa, Harmonium, Vocals
http://freetexthost.com/6pheg6mcgm

Biografia:

12
A biografia da banda já foi postada aqui, juntamente com o disco "K [15th Anniversary Edition]", de 2011.

terça-feira, 10 de março de 2015

Vietnam - Discografia básica

Banda: Vietnam
Gênero: Alternative Rock, Psychedelic Rock


Cover
Disco:  The Concrete's Always Grayer on the Other Side of the Street [EP] [Bonus Track]
Ano: 2004
Faixas:
1. Too Tired (Gerner, Grubb) 6:41
2. Makes a Difference (Unknown) 12:16
3. Princess (Unknown) 7:57
4. Apocalypse (Gerner, Grubb) (2:18)
5. Lullabye (Unknown) 8:56
6. Work Something Out [Bonus Track] (Unknown) 6:38
Créditos (prováveis):
Michael William (a.k.a. Michael Gerner?): Vocals, Guitar
Joshua Garrett (a.k.a. Joshua Grubb?): Multi Instruments, Vocals
Mike Foss: Percussion
Chris Colley: Drums
Kim Miller: Vocals
http://freetexthost.com/bo3a2spc4x

Cover
Disco: Vietnam
Ano: 2006
Faixas:
1. Step On Inside (3:11)
2. Priest, Poet & The Pig (5:00)
3. Apocalypse (4:51)
4. Mr. Goldfinger (4:07)
5. Toby (7:28)
6. Gabe (2:31)
7. Welcome To My Room (5:30)
8. Hotel Riverview (4:43)
9. Summer In The City (5:02)
10. Too Tired (12:04)
Músicas de autoria de Michael Gerner e Joshua Grubb.
Créditos:
Michael Gerner: Lead Vocals, Rhythm Guitar
Joshua Grubb: Lead Guitar
Michael Foss: Drums
Ivan Berko: Bass
Músicos adicionais:
Ana Lenchantin, Casey Brown, Cross Roads Girl Choir, Dave Scher, Jason Lader, Jenny Lewis, Jesse Carmichael, Liam Philpot, Mickey Madden, Paloma Udovic, Paz Lenchantin, Slim Zwerling: Unknown Contribution
http://freetexthost.com/6pheg6mcgm

Cover
Disco: An A.merican D.ream
Ano: 2013
Faixas:
1. A.D. Pt. 1 (1:54)
2. Stucco Roofs (6:17)
3. Kitchen Kongas (7:49)
4. Fight Water With Fire (6:52)
5. Yaz (8:03)
6. 1.20.09 (1:02)
7. Flyin' (4:15)
8. No Use In Cryin' (5:26)
9. Blasphemy Blues (4:39)
10. W.orld W.ar W.orries (8:29)
11. I Promise...Things Are Gonna Get Better (3:27)
Não se conseguiu descobrir a autoria das músicas.
Créditos:
Michael Gerner: Guitar, Harmonica, Organ, Piano, Synthesizer, Vocals
Lefty Maynard: Guitar, Acoustic Guitar, Vocals, Bells
Chris Anderson: Synthesizer, Violin, Vocals
Clint Newsom: Bass, Vocals
Mike Foss: Drums
Christian Havins: Organ, Synthesizer
David Sparks, King Harry, Casey Brown, Matt Boynton: Percussion
Tim Kuhl: Congas
Oakley Munson: Harmonica
Emily Kroll: Cello
Christina Key: Violin
Jamie Phillips, Linda Beceroft: Vocals
http://freetexthost.com/6pheg6mcgm


Biografia
A sombria e hipnótica banda roqueira Vietnam, do Brooklyn, New York, USA, é uma criação do vocalista e guitarrista Michael Gerner e do guitarrista Josh Grubb. Após descobrir que ambos gostavam de Bob Dylan, Rolling Stones, Velvet Underground e Sonic Youth, a dupla começou a compor e tocar juntos, elastecendo-se, posteriormente, com o ingresso do baterista Michael Foss.

5

O grupo assinou com a Vice Records, que lançou, em 2004, o EP "The Concrete's Always Grayer On The Other Side Of The Street". Depois de realizar alguns shows em conjunto com a banda All Night Radio, de Dave Scher, ex-guitarrista da Beachwood Sparks, a Vietnam passou a colaborar com Scher e Mickey Madden, da Maroon 5, que produziram o seu primeiro disco longo.

2

Madden, ao lado dos co-produtores Scher e Jason Lader, gravou "Vietnam" no Sound City Studios, de Los Angeles, com equipamentos analógicos antigos. Jenny Lewis, Paz Lenchantin e o naipe de metais Future Pigeon também participaram do álbum. O single "Welcome To My Room", em formato digital, surgiu no outono de 2006, enquanto o disco homônimo chegou ao mercado através da Kemado Records no início de 2007.

7
Em algum momento de 2008, correu a notícia de que a Vietnam se dissolvera; Gerner teria se mudado para a Costa Oeste para trabalhar especialmente com sintetizadores analógicos em trilhas sonoras de filmes e também com música experimental de sua autoria. Todavia, por ocasião do lançamento, em 2013, de "A.merican D.ream", descobriu-se que Gerner retornara à New York e reativara a banda, com uma formação inteiramente nova, incluindo um violinista e tecladista (Heather Phares, AllMusic; tradução livre do inglês).

Grizzly - (Meanwhile back...) At The Station

Cover
Banda: Grizzly
Disco: (Meanwhile back...) At The Station
Ano: 1992
Gênero: Blues Rock, Boogie Rock
Faixas:
1. Painting The Town (R. Mattsson) 3:59
2. Two Way Wishing (L. Fulson) 2:55
3. Why (R. Mattsson) 2:44
4. Evil Hearted Woman (B. Carter) 6:13
5. Skeleton Fight (J. Galreath) 3:46
6. Raging Sky (H. Persson, B. Tempelman, B. Hamrin) 4:42
7. Footsteps (H. Persson, B. Tempelman) 3:01
8. Killing Me By Degrees (L. Summanen) 3:45
9. Don't Go No Further (W. Dixon) 2:30
10. She's So Cold (W. Nile) 2:20
11. Call Me (R. Mattsson) 4:06
12. Payday (J. Winchester) 2:47
13. Goodbye Train (B. Hamrin, R. Mattsson) 4:09
Créditos:
Björn Hamrin: Vocals, Harmonica
Lasse Summanen: Guitar
Ronny Mattsson: Guitar, Vocals
Björn Tempelman: Bass
Malte Sjöstrand: B-3 Hammond
Peder af Ugglas: Slide Guitar, Piano, Organ
Hans Persson: Drums
http://freetexthost.com/6pheg6mcgm

Biografia:
A Grizzly foi (nota minha: no texto original, o verbo está no presente, mas a banda não existe mais há muito tempo) uma banda importante e experiente, com influências do blues, rock, soul e country. A Grizzly fez suas primeiras apresentações no começo dos anos setenta e progrediu desde então. Com seus alicerces em Solna, Estocolmo, Suécia, o grupo realizou cententas de shows na região e na Finlândia.

1

A Grizzly gravou um LP chamado "Nº 9" (1989) e um CD intitulado "Meanwhile back...) At The Station" (1992), ambos pela gravadora Mercury. A Grizzly também particupou da coletânea "All That Blues From Sweden, Vol. 1", lançada em CD pela Associação Sueca de Blues. Mas você deve ouvi-la ao vivo! (...) (MySpace; tradução livre do inglês).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...