quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Clovis Mann - Discografia básica

Banda: Clovis Mann
Gênero: Blues, Blues Rock, Classic Rock


Disco: Clovis Mann
Ano: 2006
Faixas:
1. Stone Moses (4:26)
2. I Had A Dream (4:08)
3. Small Town Vice (6:22)
4. War Child (5:05)
5. Good Enough (3:50)
6. Ethereal Lady (5:59)
7. Dancin' Witht The Devil (5:09)
8. Second Chance (3:57)
9. Gravedigger (5:01)
10. Below (4:12)
11. When You're Gone (4:57)
12. Wicked Wind (4:51)
Músicas de autoria da banda.
Créditos:
Daniel Walkner: Guitar, Vocals, Slide, Harmonica
Sotsh Jonjak: Bass
Ethan Noordyk: Drums, Percussion

Disco: Dues
Ano: 2008
Faixas:
1. Highway's End (4:45)
2. Turpentine/Wade In The Water (4:07)
3. Jackson (5:35)
4. Way Through (4:28)
5. How It Is (4:36)
6. Star Fade Away (3:21)
7. Everything's Fallin' Apart (3:12)
8. Close To The Edge (3:40)
9. Starvin' (5:26)
10. Whiskey Still (2:42)
Músicas de autoria da banda, exceto "Wade In The Water", de domínio público.
Créditos:
Daniel Walkner: Guitar, Vocals, Slide, Harmonica
Sotsh Jonjak: Bass
Ethan Noordyk: Drums, Percussion

Disco: Metamorphic
Ano: 2010
Faixas:
1. Blowin' Up the Shack (4:24)
2. No More (3:55)
3. Nothing Like That (6:18)
4. Dig Deep (5:14)
5. Water's Edge (4:51)
6. Drowning Man (9:07)
7. Big Sky (6:55)
8. Whiff (8:55)
9. The Light... (6:02)
10. ...End Of The Tunnel (6:48)
Músicas de autoria de Dan Walkner.
Créditos:
Dan Walkner: Vocals, Acoustic Guitar, Electric Guitar, Slide Guitar, Lap Steel Guitar, Harmonica, Choir ("The Light")
Ethan Noordyk: Drums
Dan Plourde: Bass, Choir ("The Light")
Craig Baumann: Lead Guitar ("Water's Edge")
Pat Ferguson: Lead Guitar ("The Light"), Choir ("The Light")
Sal Serio: Choir ("The Light")
Heather Jean Maywood: Choir ("The Light"
Brian Knapp: Choir ("The Light")
Paul Mitch: Choir ("The Light")
Terry Galloway: Choir ("The Light")


Biografia:
Uma das motivações mais recorrentes da Clovis Mann é a evolução. Dan Plourde, ex-Run Side Down, traz sua intuitiva complexidade para a banda, na função de baixista. Tendo sido amigo da Mann por anos, Dan não encontrou dificuldade para se familiarizar com a persuasiva percussão de Ethan Noordyk, criando um formidável alicerce para o som do grupo.


D.P. sabe quando deve flutuar com discrição, mas não tem medo de adicionar um pouco de fúria ao conjunto. Vince Faris, ex-maestro dos teclados da máquina funkeira Nuggernaut, é outra recente adição para a barulheira. Vince atrai, diverte e arranca notas e tons batendo e brincando no seu calibrado instrumento. O órgão pegajoso soa retrô, lançando uma aura que eleva o astral geral da banda. Ethan continua a impressionar o público com sua destreza, performance feroz e gosto impecável. Tendo tocado em mais de mil shows ao vivo, ele sabe como trabalhar uma multidão em frenesi com seu estilo bombástico e solos ao estilo Bonham.


Some-se a isso os riffs cativantes de Daniel Walkner, com graciosas inflexões, solos lúbricos de guitarra, slide, bottleneck e lap steel, e você tem uma receita sólida de um groove vigoroso e grudento. A experimentação da Clovis Mann ao vivo sempre foi um forte compromisso musical da banda. O estilo turbinado e o vocal agressivo continuam subjugando gêneros e explorando novos territórios musicais. Venha conferir um show ao vivo da banda ou pegar um dos nossos álbuns. Junte-se à evolução... (myspace; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...