terça-feira, 27 de maio de 2014

The Tragically Hip - The Tragically Hip

Banda: The Tragically Hip
Disco: The Tragically Hip
Ano: 1987
Gênero: Alternative Rock, Roots Rock, Hard Rock
Faixas:
1. Small Town Bringdown (Gord Sinclair) 3:05
2. Last American Exit (Gord Sinclair) 3:50
3. Killing Time (Gordon Downie, Bobby Baker) 4:50
4. Evelyn (Gord Sinclair) 2:25
5. Cemetery Sideroad (Gordon Downie, Gord Sinclair) 3:15
6. I'm A Werewolf, Baby (Gordon Downie, Bobby Baker, Johnny Fay, Gord Sinclair) 3:20
7. Highway Girl (Gordon Downie, Bobby Baker) 3:28
8. All Canadian Surf Club (Gord Sinclair, Bobby Baker) 2:49
Créditos:
Bobby Baker: Guitars
Gordon Downie: Vocals
Johnny Fay: Drums
Paul Langlois: Guitar, Vocals
Gord Sinclair: Bass, Vocals
http://freetexthost.com/ud406o2c4j 

Biografia:
A biografia da banda, que segue, em tradução livre do inglês, foi extraída do site Oldies, que, por sua vez, cita, como fonte primária do texto, a Encyclopedia Of Popular Music, de Colin Larkin (sob licença da editora Muze).

3
Essa roqueira e politicamente correta banda canadense tornou-se extremamente popular no seu país natal, ganhando comparações com Green On Red e R.E.M. (na sua fase inicial), principalmente no exterior. O lineup é composto por Rob "Bobby" Baker (nascido em 12 de abril de 1962, em Kingston, Ontário, Canadá; guitarra), Gordon Downie (nascido em 6 de fevereiro de 1964, em Kingston, Ontário, Canadá; vocais), Johnny Fay (nascido em 30 de abril de 1966, em Kingston, Ontário, Canadá; bateria), Paul Langlois (nascido em Kingston, Ontário, Canadá; guitarra) e Gordon Sinclair (nascido em Kingston, Ontário, Canadá; baixo e vocais). Downie é um compositor competente: seu olho clínico evidencia-se em canções como "Small Town Bringdown", de 1987.

4
A Tragically Hip nasceu em 1983, quando Downie, Baker e Sinclair estudavam na Universidade de Queen, Ontário, Canadá. Assinando rapidamente com a MCA Records após uma série de explosivas apresentações ao vivo, a banda, estabelecida em Kingston, Ontário, recebeu triplo disco de platina com seu primeiro disco, "Up To Here", de 1989. O álbum também lhe propiciou o primeiro prêmio Juno (nota minha: segundo a Wikipedia, "os prêmios Juno são concedidos anualmente pela Academia Canadense de Artes e Ciências Fonográficas (Canadian Academy of Recording Arts and Sciences) para honrar a excelência de cantores e músicos canadenses") como grupo mais promissor. "Road Apples" ganhou promoção através de turnês pela Europa e Austrália. A banda abiscoitou outro prêmio Juno após o lançamento de "Fully Completely", de 1992, que também obteve múltiplos discos de platina.

9
O single dali extraído, "Locked In The Trunk Of A Car", produzido por Chris Tsangarides (Lords Of The New Church, Concrete Blonde ), chegou ao topo das paradas canadenses, pela primeira vez na história do grupo. O disco posterior, "Day For Night", de 1994, apesar de não apresentar avanço significativo na fórmula musical da banda, consolidou-a como figura de proa no rock alternativo canadense. O grupo excursionou com Neil Young e Rolling Stones, antes de soltar "Trouble At The Henhouse", melodioso de ponta a ponta.
Sucesso graúdo veio com "Phantom Power", de 1998. Depois do lançamento de "Music @ Work", a banda transferiu-se para a gravadora Zoë, subsidiária da Rounder Records, e, pelo novo selo, editou o experimental "In Violet Light", de 2002. Downie também publicou um livro de poesia e lançou álbuns individuais.

4 comentários:

d2o disse...

Thank you for your Tragically Hip posts!! HUGELY appreciated!!!!!!

Indignaldo Silva disse...

You're welcome.

Jaimemellorock Mello disse...

Excelente banda. Valeu, Indignaldo.

Indignaldo Silva disse...

Valeu também o comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...